JORNAL FOLHA DE TAMANDARÉ
Rua Rolândia, 70 - Estribo Ahú | Curitiba - PR
(41) 3354.6674 - 9614.1787
folhadetamandare@folhadetamandare.com.br

Vinte anos sem Paulo Freire

Paulo Freire (1921-1997). (Credito da imagem: Direitos Humanos)Paulo Freire (19 de setembro de 1921, Recife-PE – 2 de maio de 1997, São Paulo-SP), o patrono da educação brasileira, e um dos mais notáveis pedagogos do mundo, vem sendo alvo das críticas dos defensores do movimento “Escola Sem Partido”, que combate suposta “doutrinação ideológica e política” nos ambientes escolares.

Esse movimento, por intermédio de Projeto de Lei, defende sansões aos (às) professores (as) que exprimirem seus pareceres políticos, religiosos e ideológicos, além de impossibilitar abordagens de assuntos referentes às questões de gênero em sala de aula.

De acordo com Freire os (as) educadores (as) não devem abrir mão de expressarem suas opiniões ao mesmo tempo em que dialogam com as multiplicidades dos pontos de vistas estudantis, significando comunidades escolares plurais.

O movimento “Escola Sem Partido” nega a prática duma educação libertadora e possibilita a educação acrítica no chão escolar ao promover o acomodamento dos (das) estudantes à realidade, num alienante contraponto ao pensamento de Paulo Freire.

A pedagogia freireana parte da realidade dos (das) estudantes oprimidos (as) e de seus universos vocabulares. Em seu método revolucionário de educação coletiva de adultos (as), a pessoa adquire a consciência da sua condição histórica, assume o controle do seu percurso e conhece a capacidade de transformar à realidade, ou seja, Paulo Feire incita o (a) estudante a ler o mundo para poder transformá-lo. Reflitamos:

Não basta saber ler mecanicamente ‘Eva viu a uva’. É necessário compreender qual a posição que Eva ocupa no seu contexto social, quem trabalha para produzir uvas e quem lucra com esse trabalho.
(Paulo Freire, in Moacir Gadotti, Paulo Freire: Uma Biobibliografia, 1996.)

Nesses vinte anos da morte de Paulo Freire, as escolas, principalmente aquelas voltadas para a educação de Jovens e Adultos, devem (ou deveriam) realizar atividades culturais, com intuito de manter a memória viva desse extraordinário educador e de atualizar seus ensinamentos.

Jorge Antonio de Queiroz e Silva é historiador, palestrante, professor.


FILIADA À ADJORI - Associação dos Donos de Jornais e Revistas do Estado do Paraná
31 anos de circulação CNPJ: 05.241.886/0001-89 FUNDADOR: Antônio Rodrigues Dias (in memoriam)
DIRETOR-PRESIDENTE E JORNALISTA RESPONSÁVEL: Leônidas A. R. Dias - DRT 234/02/18v-PR
CHEFE DE REDAÇÃO: Jair Rodrigues Dias Júnior
DIAGRAMAÇÃO, ARTE E PRODUÇÃO: Exceuni - Aldemir Batista (41) 3657-2864 / 9983-3933 Tamandaré
Central de Computação Gráfica: Tel: (41) 3657-2864
REDAÇÃO E ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA: Rua Rolândia, 70 - Estribo Ahú
Curitiba-PR Cep.: 82560-110 - Tel.: 3354-6674 / 9614-1787.
E-MAILs: folhadetamandare@folhadetamandare.com.br | folhadetamandare@terra.com.br
SITE: www.folhadetamandare.com.br